domingo, 14 de janeiro de 2018

Cinismo e farsa eleitoral

Por Almir Quites

Clique para ampliar a imagem.

A desordem no Brasil é evidente! Afinal, o próprio distrito Federal, sede do governo brasileiro completa hoje um (1) ano de racionamento de sua pior crise hídrica, o que revela a total falta de planejamento. Em todo o país a criminalidade aumenta e as "balas perdidas" matam inocentes, inclusive aquelas que miravam o céu, em estúpidas comemorações! Assaltos, assassinatos, saques, sequestros, roubos, a drogadização, a corrupção, demagogias, mentiras tecnologicamente impulsionadas pela internet, falência da Escola e da Universidade, prostituição, meninos perdidos na rua e a banalização da morte, mostram a infame psicosfera de miséria e infortúnio da sociedade brasileira. A Justiça não consegue controlar os atos de vandalismo.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

A bilionária farsa eleitoral

Por Almir M. Quites



Na democracia brasileira, dois lobos e milhões de ovelhas votam para decidir o cardápio do jantar. Sempre ganha um dos lobos. Esta frase foi inspirada em outra cunhada por Benjamim Franklin (1706 - 1790). Adaptei para o Brasil.


Já expliquei inúmeras vezes que não temos democracia no Brasil. Ter eleições não basta. É preciso que o processo eleitoral seja idôneo e não um "jogo de cartas marcadas".  Eleição no Brasil não é um processo de escolha, mas de simples chancela, cuja honestidade é duvidosa.

domingo, 7 de janeiro de 2018

O tempo passa, a memória reconecta

Por Almir Quites

Brasil, equipe Campeã Mundial de Basquete em 1963

Em 1959, o Brasil foi Campeão Mundial de Basquete (FIBA)! Na época, eu jogava no juvenil do Grêmio de Porto Alegre. No ano anterior, tinha sido vice campeão gaúcho (a final foi em Santa Cruz).

Era um tempo em que se jogava com calções bem curtinhos. Hoje, joga-se com calções-bombacha!

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Eleições no reino da sem-vergonhice

Por Almir M. Quites



As eleições deste ano vão servir para acabar com o reino fagueiro da sem-vergonhice no Brasil ou vamos nos preocupar mais com a Copa do Mundo da Rússia?

domingo, 31 de dezembro de 2017

Nós e o universo

Por Almir M. Quites



Começo este artigo por um poeminha que escrevi em 1999 e publicado em POEMAS QUE BROTARAM EM MEU CAMINHO (Editora Soldasoft, 2009). Segue o poema:

A CASA DE DEUS

Não cultue a imensidão.
Deus está nos miudinhos.
Até mesmo o infinitão
É feito de infinitinhos

Pois o infinito de lá, 
supragigainfinito,
é feito com o de cá, 
o infrananoinfinito.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

A falsidade do governo petista

Por José J. de Espíndola



Prezadas & Prezados;

O pequeno artigo de Augusto Nunes, que transcrevo abaixo, mostra – mais uma entre centenas de vezes – como é falsa a liderança do PT e como foram anômalos os governos petistas. Só pessoas pervertidas moralmente, ou incapazes de enxergar um palmo à frente do bestunto podem ainda dar algum crédito a Lula, Dilma e à maioria dos companheiros politicos, em geral constituída, hoje, de presos ou ex-presos por corrupção.

domingo, 24 de dezembro de 2017

Notícia falsa faz mal! Não as repasse!

Por Almir Quites


Respeite-me! NÃO ME ENGANE! Não me desinforme. Estou farto de noticias falsas!

Presente natalino aos cleptocratas

Por Almir M. Quites


Neste Natal de 2017, o nosso desmoralizado Presidente Michel Temer presenteou seus correligionários cleptocratas com um indulto que agride seriamente a Operação Lava-Jato e a sociedade brasileira.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Não me engane!

✔ NÃO ME ENGANE! EU NÃO GOSTO! ✔



Você não quer ser enganado, não é? Eu também não!  Então, não repasse mentiras aos seus amigos! Antes cheque a veracidade das postagens que você recebe. Seus amigos e leitores merecem respeito!

Especialmente não repasse propaganda política. Elas são feitas para caçar eleitores, são arapucas, armadilhas! Seus amigos não são caça!

Trate de compreender como as propagandas "pegam" os descuidados e como maltratam a sociedade. Entenda como elas são distribuídas em enormes quantidades e como são feitas com astúcia.

Mais de 80% das propagandas veiculadas são meios fraudulentos para manipular as pessoas, induzindo-as a fazer coisas que lhes são prejudiciais, como comprar coisas inúteis ou propagar mentiras em proveito de alguém, geralmente políticos. Logo, a propaganda é estelionato, exatamente como o define o artigo 171 do código penal: este li o nato é "obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento; com pena de 1 a 5 anos de reclusão, mais multa".

Uma sociedade com baixo desenvolvimento humano, onde a Lei só vale quando interessa aos poderosos, como a nossa, é presa fácil de estelionatários, especialmente quando contam com a tecnologia da informação via internet.

Leia muito sobre isto, mas leia muito mesmo! Você precisa entender o todo, não apenas uma pequenina faceta do problema.

Veja, nos dois artigos indicados abaixo, como a mentira é feita e distribuída como se fosse uma deliciosa e importante informação em vez de um perigoso veneno:
🔶 1) A ORDEM É MARCHAR (como manada)
http://almirquites.blogspot.com.br/2017/11/a-ordem-e-marchar.html
🔶 2) DEFENDA-SE DA PROPAGANDA POLÍTICA
http://almirquites.blogspot.com.br/2015/04/defenda-se-da-propaganda-politica.html

Não faça seus amigos comerem baratas pensando ser lebre!

Repassar mensagens à toa, sem uma cuidadosa verificação da veracidade é mediocridade. Quem as repassa revela-se idiota quando, para não admitir isso, prefere a negação da evidência e até se põe a defender os estelionatários e seus métodos despóticos de amestração humana.

Cidadãos desinformados são levados no cabresto. Com povo mal informado não há democracia!


𝓐𝓵𝓶𝓲𝓻 𝓠𝓾𝓲𝓽𝓮𝓼
Almir Quites
`°•○●□■♢《 ∀Ϙ 》♢■□●○•°`

Para ler artigos sobre as urnas eletrônicas brasileiras
clique aqui


Para mais artigos deste blogue ("weblog")
Clique sobre o título.
  1. Eleições no Chile: um exemplo para o Brasil!
  2. Teste Oficial de Segurança das Urnas Eletrônicas
  3. Pecadilhos abomináveis
  4. A normalidade da farsa
  5. A ordem é marchar
  6. Temos república?
  7. Brasil, em se mentindo, tudo pega
  8. A ministra e suas comoventes declarações
  9. Eleição no Japão é mais uma lição
  10. Que vexame aquele julgamento do TSE!
_____________________________________________________
Aviso sobre comentários 
Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outrs variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos. Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
______________________________________________________
 COMPARTILHE ESTA POSTAGEM 

domingo, 17 de dezembro de 2017

Eleições no Chile: um bom exemplo para o Brasil

Por Almir M. Quites

Uma Junta Apuradora chilena iniciando o trabalho no primeiro turno.


Hoje teremos o segundo turno da eleição presidencial do Chile para um mandato de quatro anos (2018-2021). Quatorze milhões de eleitores estão aptos a votar. No Chile, o voto não é obrigatório. É um direito, é facultativo, como deve ser!

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Teste Oficial de Segurança das Urnas Eletrônicas

Por Almir M. Quites


No primeiro dia deste mês (01/12/ 2017) houve o "Teste Público de Segurança 2017" do sistema eletrônico de votação. Enquanto ocorriam os testes lá, escrevi em meu blogue que se tratava de mais uma farsa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), porque testa-se a vulnerabilidade da urna a ataques externos e se pressupõe que o pessoal do próprio TSE nunca, em hipótese alguma, introduziria uma desonestidade no software! 

domingo, 10 de dezembro de 2017

Pecadilhos abomináveis

Por Almir M. Quites


Ministros, especialmente  Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello, abusam de subterfúgios jurídicos para proteger poderosos corruptos. 

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa