quinta-feira, 3 de agosto de 2017

O nó górdio da política brasileira

Por Almir M. Quites



O "nó górdio" é a metáfora de um problema aparentemente insolúvel, impossível de desatar, mas resolvido facilmente por alguém capaz de pensar liberto do comum de se pensar. 

Apresentar aqui o nó górdio do Brasil e ficarei torcendo para que alguém indique o modo de desatá-lo, como fez Alexandre, o Grande, em 334 AC, segundo a lenda.

Com enorme tristeza e até desânimo, afirmo que o Brasil se transformou em bagunça, onde viceja a ignorância e a grosseria, em grande medida catalisada pelas trapaças da administração petista. 

Não foi só uma década perdida, mas gerações, como bem mostrou o jornalista Guga Chacra em seu comentário de 7 de março, quando disse: "O PIB do Brasil caiu 3,6% em 2016. Em 2015, havia caído 3,8%. E, em 2014, tinha subido só 0,5%. Isto é, em três anos, a queda foi de 6,9% (mais ou menos, porque estou usando 2013 como base para facilitar a matemática). Leve em conta que uma economia sadia deveria ter crescido ao menos 3% ao ano em média. O Brasil deveria ter crescido 9% no período. Logo, o PIB brasileiro não apenas despencou quase 7% como deixou de crescer ao menos 9%. O país está, portanto, 16% abaixo do que deveria estar hoje. E demorará anos para atingir este patamar. Não é somente uma década perdida, é uma geração perdida – a nossa.

O jornalista até minimizou os prejuízos econômicos em seus cálculos, porque a restauração é sempre muito mais demorada do que a perda, ou seja, reconstruir é muito mais difícil do que destruir. A reconstrução cobra altos juros compostos. 

Além disso, o jornalista limitou-se ao aspecto econômico, mas o prejuízo também foi cultural, pela ruína de valores, costumes e hábitos que antes eram cultivados.

O PIB do Brasil está hoje cerca de 25% abaixo do patamar em que deveria estar, caso os petistas não tivessem assumido o comando da nação em 2003, desdenhando dos investimentos que minimizariam os efeitos da crise de 2008, e açoitando a economia com a invencionice denominada "Nova Matriz Econômica". Isto significou uma tragédia na vida de milhões de pessoas, entre eles trabalhadores que perderam seus empregos, pais que não puderam mais pagar a escola dos filhos ou comprar alimentos e remédios. Vidas foram arruinadas. É esse o verdadeiro legado do PT. Usurpou uma geração inteira, ou mais!  

O Sistema Político brasileiro foi dominado por uma Organização Criminosa (OrCrim). A discussão política refere-se exclusivamente às disputas internas da OrCrim.   Hoje, a corrupção governa o Brasil. O Presidente da "República" (a qual, a rigor, nem existe mais), é o Poderoso Chefão da OrCrim, que fomenta "propinidutos" e distribui benesses aos parlamentares. O Congresso Nacional, sem qualquer representatividade republicana, transformou-se num 'staff' altamente privilegiado da OrCrim e num mercado de compra e venda de nacos do patrimônio nacional. 

Tudo indica que até os Tribunais Superiores fazem parte do grande esquema flagicioso. A insegurança jurídica alcançou patamares insuportáveis. 

É aflitivo ter que escrever sobre coisas tão repugnantes, mas precisamos encarar os fatos como eles são, caso queiramos realmente corrigir isto tudo. 

O que precisaríamos fazer? É fácil responder a esta pergunta. Os cinco parágrafos seguintes apresentam as cinco principais questões, que deveriam ser enfrentadas urgentemente.

A reforma do sistema político atual é fundamental e prioritária. Sem ela nenhuma outra será eficaz. É preciso mudar do presidencialismo para o parlamentarismo, com a adoção do voto distrital e o federalismo, descentralizando o processo decisório e o aproximando do cidadão. Reduzir o estado é o melhor meio de combater as negociatas e a patifaria. 

O sistema educacional está falido e não basta destinar recursos para ele. Os recursos desapareceriam ou seriam aplicados em licenciosidades, em corporativismo sindical, em doutrinação ideológica etc. Nada de ensino sério, só farsas, com pouquíssimas e sofridas exceções. O sistema educacional brasileiro deve ser repensado e reorganizado como um sistema que inclua o planejamento global em toda a sua estrutura administrativa, independente do Estado (principalmente do Ministério da Educação). Legislar não significa planejar. O planejamento é uma das funções administrativas, a qual deve estar ativa em todos os níveis.

O sistema econômico está em profunda depressão, enquanto o país, com 15 milhões de desempregados, está à beira de uma convulsão social. Contudo, temos ainda que suportar políticos querendo convencer a população de que "a economia já está se recuperando". Mentira! Condição sine qua non para resgatar o crescimento são as reformas estruturais (além da reforma política), para flexibilizar as leis trabalhistas, simplificar e reduzir a carga tributária, abandonar o protecionismo comercial e os subsídios do BNDES, privatizar muitas estatais e garantir autonomia ao Banco Central. O governo não deve interferir no mercado.

A insegurança civil está de matar! O Brasil vive numa guerra civil velada, com cerca de 60 mil assassinatos anuais. É preciso urgentemente investir na construção de novos presídios, reduzir a maioridade penal, aparelhar e treinar melhor a polícia, agilizar o sistema judiciário e por aí vai... 

A saúde pública é precária e medíocre, abandonada ao "Deus Dará". O Estado não dá importância aos gritos desesperados da população que pede e clama por socorro. O sistema de saúde pública deve ser refeito para permanentemente estudar e propor medidas sobre os fatores condicionantes e determinantes do processo saúde-doença, controlando a incidência de doenças nas populações através de ações de vigilância e as intervenções governamentais. A aplicação efetiva de tais princípios depende de profissionais competentes de todas as áreas do conhecimento humano, não apenas dos da área da saúde.  

Até aqui, temos um simples diagnóstico e algumas propostas também simples, que decorrem dele. O nó está em como fazer isso!

Como temos que mudar toda a estrutura política e do Estado, incluindo uma reorganização da sociedade, seria lógico fazer isto por meio de uma Constituinte Exclusiva, ou seja, constituída só para mudar a Constituição, sem a influência dos partidos políticos e dos políticos. Não devemos repetir o erro de 1988, quando a Constituição foi feita pelos políticos e para os políticos. Para isto, o atual Congresso deveria aprovar e organizar um plebiscito imediatamente para submeter ao povo a proposta de eleição dos constituintes e os poderes Assembleia Constituinte. Só que isto a OrCrim não quer e os parlamentares não farão! 

Então, precisaríamos antes de uma total renovação da classe política, o que é impossível pela via eleitoral!

Decorre daí que já não temos capacidade de recuperação. 

Repito, a renovação da classe política pela via eleitoral é impossível!

Lamento, prezados leitores, mas é verdade. Os eleitores podem votar em quem eles quiserem, mas os eleitos serão sempre os membros da Organização Criminosa que tomou conta do governo do Brasil! 

Por que? 
  • ➥ Primeiro, porque são eles (os poderosos criminosos) que escolherão os candidatos dos diversos partidos. No Brasil é assim, são os caciques dos partidos políticos que escolhem os candidatos e obviamente o fazem pelo critério da absoluta fidelidade a si próprios. Todos os dirigentes partidários se entendem muito bem entre si e, acredito, todos possuem "rabos presos".
  • ➥ Segundo, porque só os partidos políticos terão recursos para a campanha eleitoral. Eles receberão R$ 3.500.000.000,00 (3,5 bilhões) do Fundo de Financiamento de Campanha e mais quase R$ 1.000.000.000,00 por ano (um bilhão/ano) do Fundo Partidário (Fundo de Assistência Financeira aos Partidos Políticos). Além disso, o partido dispõe do horário gratuito de propaganda política (no rádio e TV) e geralmente os partidos ainda contam com doações ilegais. Logo, é óbvio que qualquer candidato ficará refém do seu partido, atrelado a uma fidelidade criminosa. Alguns, muito  poucos, sentir-se-ão desconfortáveis e sofrerão calados.
  • ➥ Terceiro, porque, com a propaganda e as pesquisas de opinião, os eleitores vão se envolver emocionalmente e defender um candidato contra outros. Os eleitores não conseguirão permanecer imunes a poderosa propaganda. Os eleitores deste país, onde viceja a ignorância e a grosseria, são presas fáceis do "marketing" político. 
  • ➥ Quarto, porque em casos importantes (para os partidos), se houver algum risco de resultado eleitoral indesejado, a OrCrim ainda terá o recurso de fraudar a apuração eletrônica secreta pela via do software da urna e também do software da totalização feita nos computadores da rede interna do TSE. Os softwares são comandos humanos, no caso, comandos de membros da OrCrim alojados no TSE, o local mais seguro para se fazer fraude eleitoral por atacado. É doloroso ter que chegar a esta cruciante conclusão!

No Brasil, não há eleições primárias democraticamente organizadas como nos EUA. No Brasil também não há possibilidade de se ter candidatos independentes.

Como os parlamentares não dependem dos eleitores para serem eleitos, é óbvio que não eles têm necessidade de representar o povo! Eles votam no que e em quem lhes convém e até vendem seus votos e pronunciamentos. Simples, não é?

Dos quatro itens citados acima, o mais difícil de ser entendido pelos leitores é o quarto, referente a fraude eleitoral eletrônica. Os brasileiros têm dificuldade de entender que procedimentos eletrônicos são controlados por seres humanos. Entre os brasileiros parece haver uma crença de que a tecnologia é segura e que não precisa ser fiscalizada. Os ministros do TSE, inclusive o atual presidente, Ministro Gilmar Mendes, afirmam que "não há interferência humana no comportamento da urna eletrônica"! Ingenuidade ou canalhice? 

Para compreender isto melhor, continue lendo aqui:
O TSE É O CENTRO DOS PROBLEMAS
http://almirquites.blogspot.com.br/2017/06/o-tse-e-o-centro-dos-problemas.html

Quem se habilita a desatar o nó górdio?

O nó górdio brasileiro não é cortável pelos militares com suas armas.    

𝓐𝓵𝓶𝓲𝓻 𝓠𝓾𝓲𝓽𝓮𝓼

Nota 
― Antes que apressadamente o leitor conclua que se possa desatar o nó górdio com uma intervenção militar, sugiro a leitura do seguinte artigo:
INTERVENÇÃO MILITAR, NÃO!
http://almirquites.blogspot.com.br/2017/04/intervencao-militar-nao.html




Veja agora
um flagrante de um país ao avesso

Policial detém meliante e descobre que ele anda de tornozeleira eletrônica. O cara foi levado até a Central de Flagrantes devido à duas ilegalidades: porte de drogas e violação das regras de uso da tornozeleira eletrônica

Tudo estava sendo filmado pelo pessoal do Plantão de Polícia, da TV Ponta Verde, afiliada do SBT, quando o policial é orientado por um juiz de execuções a soltar o meliante. 
O policial argumenta que o bandido deveria ser recebido pelo Centro de Operações Penitenciárias (COPEN), órgão responsável, em função do elemento ser reincidente e estar usando tornozeleira eletrônica.
"Isto é Brasil", diz o policial, visivelmente indignado.

A polícia ainda leva suspeito em casa. 

O bandido ri!
É patético ver a sinceridade e sensatez do bandido em contraste com a leniência e a leviandade do juiz. 

Veja o vídeo na íntegra

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mais artigos deste blogue ("weblog")
Clique sobre o título.
  1. Poder militar e sociedade
  2. A lei do voto impresso não será cumprida
  3. O país do avesso
  4. Diagnóstico e prognóstico do Brasil
  5. Lula é condenado
  6. Estado que envergonha os cidadãos!
  7. Meu maluco Brasil
  8. Circo e realidade
  9. E agora, cidadãos brasileiros?
  10. República Federativa do Brasil x Organização criminosa
  11. Que vexame este julgamento do TSE!

♢《 compartilhe 》♢°`

Aviso sobre comentários 
Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos. Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
______________________________________________________
 COMPARTILHE ESTA POSTAGEM 
USE OS BOTÕES ABAIXO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa